segunda-feira, 23 de outubro de 2017

BDpress #483 – Revista E do Expresso, 21 Outubro 2017 O universo da reportagem em destaque no 28º Amadora BD


BDpress #483 – Revista E do Expresso, 21 Outubro 2017
O universo da reportagem em destaque no 28º Amadora BD

Revista E do Expresso, 21 Outubro 2017

Rubrica – PLANETÁRIO – NO CAMINHO DAS ESTRELAS
Por Nuno Galopim

FESTIVAL

O universo da reportagem 
em destaque no Amadora BD

Um espaço de relação entre o jornalismo e a banda desenhada será o tema da exposição central da edição deste ano do Amadora BD que decorrerá entre 27 de outubro e 12 de novembro e que terá uma vez mais como espaço central o Fórum Luís de Camões. "Contar o Mundo: A Reportagem em Banda Desenhada" surge num tempo em que começam a surgir com cada vez mais frequência trabalhos jornalísticos ou olhares sobre experiências reais ocorridas rias mais diversas geografias que usam a banda desenhada como forma de expressão. Comissariada por Sara Figueiredo Costa, a exposição procura explorar situações "nas fronteiras do jornalismo e da reportagem", tais como "a questão da objetividade, da imparcialidade e do apagamento do repórter no trabalho", mostrando como a opção pelas linguagens da BD pode ajudar a levantar estas questões.

Um dos nomes em maior evidência no Amadora BD deste ano será o de Nuno Saraiva que há um ano venceu o prémio de Melhor Álbum Português de Banda Desenhada com "Tudo Isto é Fado". A exposição que lhe será dedicada vai apresentar uma retrospetiva sobre a sua obra, incluindo a sua primeira BD, criada há precisamente 30 anos. Estará em evidência o seu trabalho com as Festas de Lisboa e haverá espaço ainda para mostrar trabalhos inéditos.

Entre a lista de lançamentos, além de dois títulos novos e de uma reedição de Nuno Saraiva, surgem ainda livros como "Nem Todos os Cactos têm Picos" , de Henrique Magalhães, "O Rio Salgado", de Jan Bauer, "A Última Nota", de Filipe Duarte e André Mateus ou "Living Will, nº 6", de Pedro Serpa e André Oliveira. Esta 28ª edição do Festival assinala ainda dois centenários. Um deles é o de Jack Kirby (1917-1994), nome de referência dos comics e autor da figura do Capitão América. O outro é Will Eisner (1917 - 2005), considerado como o pai da novela gráfica americana.

__________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page