domingo, 16 de agosto de 2015

GAZETA DA BD #47 NA GAZETA DAS CALDAS – LEITURAS DE BANDA DESENHADA – ALGUNS LIVROS EDITADOS RECENTEMENTE


Gazeta das Caldas, 14 de Agosto de 2015
Jorge Machado-Dias

GAZETA DA BD #47 
NA GAZETA DAS CALDAS
LEITURAS DE BANDA DESENHADA
LANÇAMENTOS RECENTES - 2015

Teaser #1 – Gentleman
André Oliveira (argumento) e Ricardo Reis (desenhos) 
Edição Ave Rara, 2015 

O mundo está a ruir à vista de todos e aquilo que perdura é tão bizarro e surreal que faz questionar se pertence à imaginação ou à realidade. Acompanhamos a jornada de mr. Turner, uma misteriosa e sombria personagem que atravessa planícies desérticas ao volante do seu Morgan e na companhia de Barnes, um enorme elefante marinho com uma personalidade forte. Há uma última tarefa a cumprir antes que a Humanidade aceite a sua inevitável extinção, algo que pode não chegar para a salvar mas que fará toda a diferença. É essa a missão de Turner e ele promete cumpri-la da única forma que conhece: “Like a true gentleman”.

Casulo
Curtas de BD de André Oliveira (argumentos)
Edição Kingpin Books, 2015

Colectânea de bandas desenhadas curtas, escritas por André Oliveira e ilustradas por Pedro Brito, Carlos Páscoa, Ricardo Venâncio, Ricardo Cabral, Pedro Cruz, Paula Almeida, Jorge Coelho, Ricardo Reis, Marta Teives, Ricardo Drumond, André Caetano, Susana Carvalhinhos, Inês Galo, Xico Santos, Pepedelrey, Sónia Oliveira, Joana Afonso, Pedro Potier, Sérgio Marques, Osvaldo Medina, António Silva, Ana Oliveira, Pedro Carvalho, Pedro Ribeiro Ferreira, Carla Rodrigues e Nuno Lourenço Rodrigues.

Tungsténio
Marcello Quintanilha
Edição Polvo, 2015

Em Tungsténio, Marcello Quintanilha foca o olhar em São Sal­vador da Baía e conta-nos, em paralelo, os dramas de um sargento reformado do exército, saudoso dos tempos de caserna, os esquemas de um jovem traficante e os momentos difíceis do casamento de um polícia sem escrúpulos e da sua mulher. Como fio condutor da acção temos um crime ambiental nos arredores da cidade, onde se pesca recorrendo a explosivos.

Sem deixar de lado o lirismo, Quintanilha – considerado como o grande cronista da banda desenhada brasileira – investe uma boa dose de suspense e acção neste vibrante e surpreendente trabalho, que foi louvado pela crítica como um dos melhores álbuns editados em 2014 no Brasil.

Tex – Patagónia
Mauro Boselli (argumento) e Pasquale Frisenda (desenhos)
Edição Polvo, 2015

Em Patagónia, o Ranger Tex Willer viaja na companhia do seu filho, Kit, até à Patagónia, na Argentina, a pedido de Ricardo Mendoza, um seu amigo de há muito tempo, para participar numa missão de resgate de prisioneiros. A missão, que cedo assume também um carácter punitivo contra os ataques dos índios selvagens da Patagónia, revelar-se-á perigosa para todos os envolvidos. Patagónia não é apenas mais uma aventura de Tex, é talvez a sua melhor aventura desde há muitos anos. De referir que esta é a primeira edição portuguesa de um livro de Tex Willer.

Finalmente o Verão
Mariko Tamaki (argumento) e Jillian Tamaki (desenhos)
Edição Planeta Tangerina, 2015

Desde pequena, Rose passa o verão em Awago Beach, numa cabana junto ao lago. Nesta espécie de refúgio, Rose encontra sempre Windy, a sua “amiga das férias" e uma espécie de irmã mais nova, que completa a sua família de verão. Windy e Rose são muito próximas, partilham tudo, costumam fazer tudo juntas. Mas este verão será diferente.
Os pais de Rose não param de discutir e, entre idas à praia e passagens pela loja local para comprar gomas e alugar filmes de terror, as duas amigas veem-se envolvidas num drama que pode acabar mal.

O Árabe do Futuro
De Riad Sattouf
Edição Teorema, 2015

Uma novela gráfica de cariz autobiográfico e alcance político em que, com um humor arrasador e uma grande sensibilidade, o autor conta a sua infância e juventude na Líbia do General Kadafi e na Síria de Hafez Al- Assad. A ideia desta obra - confessa o Autor - remonta aos começos da guerra civil na Síria, em março de 2011. A fusão da sua história pessoal com a História real do mundo árabe, ambas contadas através do olhar inocente da criança que ele é na narrativa, dá a este álbum uma importante dimensão sociológica e confirma que a autobiografia é um dos segmentos maiores da BD atual. Primeiro volume de uma anunciada trilogia, este título atingiu já em França o estatuto de bestseller, com mais de 220.000 exemplares vendidos desde o seu lançamento, em maio de 2014. O 2º volume, ansiosamente aguardado pelo público e pela crítica, acaba de ser lançado em França (a 11 de junho) com uma tiragem 130.000 exemplares, um número muito acima do normal para este género literário. Internacionalmente o sucesso desta obra é também assinalável, encontrando-se até ao momento já vendidos os direitos de tradução para 16 línguas, entre as quais o árabe.

 
O Comboio dos Órfãos – Ciclo 1 – Jim e Harvey
Philippe Charlot (argumento), Xavier Fourquemin (desenhos)
Edição Arcádia, 2015

“Na costa leste dos Estados Unidos, a onda de emigração maciça leva ao abandono de muitas crianças vindas da velha Europa. Miseráveis entre os mais miseráveis, as crianças abandonadas e maltratadas sobrevivem à custa de pequenos furtos e mendicidade nas ruas de Nova Iorque. O reverendo Charles Loring Brace foi o primeiro a acreditar que retirando estas crianças do seu ambiente nocivo, poderia transformá-las em cidadãos irrepreensíveis. Nos estados do Middle West, havia falta de mão-de-obra e muitos casais que não conseguiam ter filhos… Pelo que seria possível enviá-las, por comboio, de uma costa à outra dos EUA. As primeiras viagens foram um êxito…”
 __________________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page