CATÁLOGO PEDRANOCHARCO - 1ª FASE: 1995 - 1999

PRIMEIRO PERÍODO – Julho de 1995 a Janeiro de 1999


O INÍCIO DA COISA...

A Pedranocharco Publicações, Lda. foi fundada em Junho de 1995 depois de  J.Machado-Dias e Victor Borges terem procurado exaustivamente um editor que publicasse As Aventuras de Paio Peres. Após vários contactos e algumas promessas nunca cumpridas em 1993 e 94, foi negociado com a Câmara Municipal de Almada o apoio desta à edição do 2º volume da série, Missão em Al-Mahadan e encontrado um investidor para o projecto na pessoa do arquitecto João Raposo. Assim, avançou-se para a constituição da empresa editorial em 1995, que veio a publicar não só os dois primeiros (e até agora únicos) livros de As Aventuras de Paio Peres, como mais seis títulos de outros autores (José Carlos Fernandes: Lou Velvet, Abaixo de Cão, Um Catálogo de Sonhos, As Aventuras do Barão Wragel e Alguém Desarruma Estas Rosas e outros contos; Eliseu Zeu Gouveia e da parceria Victor Borges – Paulo Moreira: Hermínio, Regresso a Portucale) até Novembro de 1997.
Contudo, divergências entre os sócios levaram à extinção da empresa no final de 1999. 

AS AVENTURAS DE PAIO PERES I – O ESPIÃO
J.Machado-Dias (arg.) e Victor Borges (des.)
Julho de 1995
Formato: 21 x 30 cm
48 págs. a cores
Cartonado
Capa a cores – plastificada brilhante
ESGOTADO

AS AVENTURAS DE PAIO PERES II – MISSÃO EM AL-MAHADAN
J.Machado-Dias (arg.) e Victor Borges (des.)
Julho de 1995
Formato: 21 x 30 cm
48 págs. a cores
Cartonado
Capa a cores – plastificada brilhante
ESGOTADO

LOU VELVET – ABAIXO DE CÃO
José Carlos Fernandes
Outubro 1996
Formato: 21 x 30 cm
48 págs. a P&B
Cartonado
Capa a cores – plastificada brilhante
ESGOTADO

UM CATÁLOGO DE SONHOS
José Carlos Fernandes
Outubro 1996
Formato: 16,5 x 25,5 cm
48 págs. a P&B
Brochado
Capa a cores – plastificada brilhante
ESGOTADO

HERMÍNIO – REGRESSO A PORTUCALE
Paulo Moreiras (arg.) e Victor Borges (des.)
Outubro 1996
Formato: 21 x 30 cm
38 págs. a cores
Cartonado
Capa a cores – plastificada brilhante
ESGOTADO

MEDUSA 31 – NEC PLURIBUS IMPAR
Eliseu Gouveia “Zeu”
Outubro 1996
Formato: 21 x 30 cm
48 págs. a cores
Cartonado
Capa a cores – plastificada brilhante
ESGOTADO


AS AVENTURAS DO BARÃO WRANGEL – UMA AUTOBIOGRAFIA
José Carlos Fernandes
Outubro 1997
Formato: 16,5 x 25,5 cm
128 págs. a P&B
Brochado
Capa a cores – envernizada
ESGOTADO

ALGUÉM DESARRUMA ESTAS ROSAS
José Carlos Fernandes
Outubro 1997
Formato: 21 x 29,5 cm
128 págs a P&B
Brochado
Capa a cores - envernizada
Preço Venda ao Público: € 8,50

ALGUÉM DESARRUMA ESTAS ROSAS E OUTRAS ESTÓRIAS, trata-se do quarto álbum de José Carlos Fernandes a ser publicado e que inclui uma grande diversidade de histórias curtas que o autor publicou entre Fevereiro de 1991 e Março de 1993, dispersas por fanzines e catálogos, de mistura com algumas inéditas.
____________________________________________________
____________________________________________________

A GÉNESE DO BDjornal

As tentativas de publicar um jornal sobre Banda Desenhada (e não uma revista), começaram depois de, em 1992, Jorge Machado-Dias ter mantido uma página regular sobre BD no quinzenário regional do Seixal "Outra Banda", entre 27/02/1992 e 08/10/1992, e de nessa página se ter iniciado a pré-publicação de "As Aventuras de Paio Peres", com argumento de J.Machado-Dias e desenhos de Victor Borges. As 16 páginas publicadas no o"Outra Banda", a que se juntou uma última, já não publicada, foram compiladas num fanzine, Colectânea "Outra Banda Desenhada"...


Verso e Frente da "Colectânea "Outra Banda Desenhada" (50 exemplares fotocopiados).

... e depois, em 1996 com o BDinFólio, do qual sairam três números - nº0, nº1 e nº2, sendo este último em formato A4 e fotocopiado. Tratou-se do "pai" do BDjornal. Isto embora os ensaios para este género de publicação tenha começado em Fevereiro de 1993 com o protótipo "Folha Pedranocharco" (uma folha A3 - frente e verso - de onde sairá o nome da editora) e o fanzine "Pedra Pomes de Bandas Desenhadas" em Julho de 1993.

Pode dizer-se que esta folha "Pedranocharco" (100 exemplares fotocopiados) foi o "avô" do BDjornal...

Este fanzine teve uma tiragem de... 1 exemplar!!!
O formato era de 21 x 27,5 cm - exactamente o mesmo que o actual BDjornal.
Tinha 75 páginas a preto e branco e previa-se uma tiragem de 3.000 exemplares, 
o que era manifestamente exagerado.
O Fanzine Pedra Pomes de Bandas Desenhadas 
foi apresentado na 12ª Jornada de Banda Desenhada da Sobreda, 1993:


BDinFÓLIO #0
Jornal de Banda Desenhada
Novembro 1996
C/ Suplemento: BD’96 – 7º Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora
Formato: 29,5 x 38 cm
20 págs. a P&B
ESGOTADO

BDinFÓLIO #1
Jornal de Banda Desenhada
Janeiro 1998
C/ Suplementos: Portugueses No Angoulême BD’98
e a BD “EPÍLOGO” de Pedro Potier
Formato: 29,5 x 38 cm
20 págs. a P&B
ESGOTADO

BDinFÓLIO #2 (Fanzine)
Jornal de Banda Desenhada
Janeiro 1999
Formato: 21 x 29,5 cm
20 págs. a P&B
ESGOTADO
____________________________________________


Esta história reatou-se em 2004, com a publicação dos 15 números do fanzine BDpress, como se pode ler em CATÁLOGO PEDRANOCHARCO - 2ª FASE: DESDE 2004
____________________________________________
 
Locations of visitors to this page