segunda-feira, 6 de março de 2017

AMANHÃ – 7 DE MARÇO 2017 – 393º ENCONTRO DA TERTÚLIA BD DE LISBOA


393º ENCONTRO 
DA TERTÚLIA BD DE LISBOA
7 DE MARÇO 2017

CONVIDADO ESPECIAL
LUÍS CAVACO






Nasci em Lisboa em 1979, mas dias depois já estava em Setúbal onde cresci.
Desenho desde que me lembro. Fui sempre autodidacta, aprendi copiando o que via, incluindo os mestres de BD e lendo tudo o que conseguisse. Para além da banda desenhada, a animação e os videojogos, construíram muito do meu imaginário visual e temático.

Participei desde jovem em fanzines e pequenos colectivos de banda desenhada e ilustração. Tinha como objectivo continuar uma carreira nessas áreas. Mas inseguranças, dinheiro e outras circunstâncias, pesaram mais e acabei por seguir a profissão de designer gráfico. Nos últimos anos, já emigrado em Lisboa, fui reintroduzindo a ilustração nos trabalhos de design, até decidir começar de novo, deixando de vez os logótipos, sites e apps, para trás.

Actualmente estudo animação 2D, participei com as minhas primeiras BD em muitos anos, na antologia de terror Sobressaltos e no número 4 da H-Alt, revista colaborativa de sci-fi, fantasia e história alternativa. Estas duas publicações levaram-me no ano passado à Amadora BD como autor. Entre outros trabalhos como freelancer, criei os personagens, arte e cenários para o jogo Trivia Planet, disponível na Apple TV.

Planeio, nos próximos tempos, criar e partilhar coisas novas nas várias áreas que me apaixonam, BD, animação e jogos. Tentando, pelo caminho, trazer algo do imaginário Português para a cultura popular.

Tenho como principais influências Winsor McCay, Osamu Tezuka, Hayao Miyazaki, Jack Kirby, Katsuhiro Otomo, Akira Toriyama, Shigeru Miyamoto e Moebius, pessoas que admiro pela capacidade que tiveram de imaginar mundos, personagens, histórias que continuam vivas e vibrantes muito depois da sua criação. Estes artistas juntaram muitas vezes a BD, ilustração e animação num todo coerente, sendo essa uma importante inspiração para mim.
Os autores brasileiros Laerte, Fernando Gonsales e Angeli que com as suas edições quase punk dos Piratas do Tietê, Níquel Náusea e Chiclete com Banana, mostraram-me que se pode publicar coisas audazes na língua portuguesa.

Outras influências actuais:
Muitos dos artistas que trabalham nos desenhos animados Adventure Time e Steven Universe que são também autores prolíficos de BD independente. Emily Carroll, Farel Dalrymple, Paul Pope. Quase tudo o que sai das editoras Peow! e Nobrow influenciam-me a nivel de desenho e história.

Contactos:
Site: luiscavaco.com
Portfolio: artstation.com/artist/luiscavaco
Social: twitter.com/cavacoluis
Outras coisas: instagram.com/luiscavaco
Mail: info@luiscavaco.com


________________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page