sexta-feira, 9 de abril de 2010

ENCONTROS DE EDIÇÃO INDEPENDENTE E EXPOSIÇÃO DE EUGÉNIO SILVA NO BARREIRO

ENCONTROS DE EDIÇÃO INDEPENDENTE - amanhã, 10 DE ABRIL

PROGRAMA
- Fanzines: continuação da aventura por Daniel Seabra Lopes
- Exibição de excerto sobre fanzines da série de tv Ver BD (de Pedro Moura)
- Conferência de imprensa sobre a comemoração dos 10 anos da MMMNNNRRRG
- Feira de Fanzines
Alguns títulos disponíveis nesta sessão: vários da Chili Com Carne, Imprensa Canalha, MMMNNNRRRG e Opuntia Books, zines do Rodolfo, Latrina do Chifrudo, Alçapão - zine de arquitectura dura, Cospe Aqui, Reject'zine, King Cat entre vários títulos estrangeiros vindos de França, Itália, Sérvia, Brasil, Bélgica, EUA, Inglaterra, Suécia e Noruega.

Novidades:
Heron Rules de Massimiliano Bomba pela Opuntia Books
Meteoro imprevisível de David Campos e Nuno Marques, pela Paracetamol
Subir a Montanha de Marta Monteiro, editado pela Café Royal Books (Inglaterra)
Tenho de ver isso de Silvia Rodrigues

organização: Chili Com Carne com o apoio do Centro Mário Dionísio


___________________________________________________________________

EXPOSIÇÃO DE EUGÉNIO SILVA NO BARREIRO
Uma referência no mundo da ilustração



No dia 17 de Abril, pelas 16h00, inaugura, na Galeria Municipal de Arte, a Exposição de Eugénio Silva com Aguarelas, Ilustração, Banda Desenhada e Teatro. A mostra está patente até 29 de Maio.

Eugénio Silva em 2004 foi distinguido pela Câmara Municipal do Barreiro pelo seu percurso artístico com a atribuição da medalha “Barreiro Reconhecido”.

Eugénio Silva nasceu no Barreiro em 1937 e estudou na Escola Industrial e Comercial Alfredo da Silva, tendo posteriormente ingressado na Escola de Artes Decorativas António Arroio. Nesta escola, de 1950 a 1954, frequentou e concluiu o curso de Desenhador-Gravador Litógrafo, tendo como mestres Abel Manta, no Desenho, Pedro Jorge Pinto, na Aguarela, e Rodrigues Alves, na Banda Desenhada.

A sua vida profissional iniciou-se como desenhador profissional na “Litografia Amorim” passando depois para a extinta CUF em 1957, como desenhador de carpetes.
Em 1965 passou ainda pelas agências de publicidade “Forma” e “Espiral Publicis” tornando-se free lancer a partir de 1968, que mantém até hoje.

Iniciou-se na Banda Desenhada ainda como estudante da António Arroio. Autor de texto e desenho, tem mais de uma dezena de obras, onde se incluem colaborações em publicações no estrangeiro. Desde 1966 que realiza exposições em Portugal e Espanha.
Além de Aguarelista e autor de Banda desenhada, colaborou como ilustrador em livros didácticos, romances juvenis de autores de renome como Emílio Salgari, Enid Blyton ou Alfred Hitchcok, jogos infantis, mapas e outros.

Começou no teatro como actor, cenógrafo e figurinista no grupo de teatro da SIRB “Os Penicheiros”. Fez parte também do TAB – Teatro de Amadores do Barreiro, no Clube 22 de Novembro. Há duas décadas ingressou no ARTEVIVA – Companhia de Teatro do Barreiro, onde ainda se encontra.

Em 2004 foi distinguido pela Câmara Municipal do Barreiro pelo seu percurso artístico com a atribuição da medalha “Barreiro Reconhecido”.




__________________________________________________________________________

ATENÇÃO: ONTEM ESQUECI-ME DE PUBLICAR AS FOTOS NO POST SOBRE A TERTÚLIA BD DE LISBOA. MAS JÁ LÁ ESTÃO!!! OK?
___________________________________________________________________________
 
Locations of visitors to this page