segunda-feira, 14 de outubro de 2013

XXIV AMADORA BD 2013 - AFINAL HAVIA MAIS NOTÍCIAS... MAIS OU MENOS ESCONDIDAS.



Afinal havia mais notícias sobre  o FIBDA 2013 - AQUI
Ao que parece só a Lusa teve direito a informação no... 
passado dia 11 !!!!!!!
Isto promete...

Festival AmadoraBD arranca dia 25

O Festival de Banda Desenhada da Amadora começa no dia 25, dedicado aos cenários na BD, num ano em que a organização pondera o melhor modelo de gestão para o futuro, disse o diretor, Nelson Dona, à agência Lusa.


11 de Outubro de 2013

"Este ano decidimos tratar um dos elementos da banda desenhada - os cenários onde decorre a história -, como é que contribuem para a sua estruturação", e a base para o tema central será a obra gráfica e editorial do ilustrador Ricardo Cabral.

A 24.ª edição decorrerá de 25 de outubro a 10 de novembro, com grande parte das exposições e atividades marcadas para o Fórum Luís de Camões, na Brandoa.

A exposição central, que se debruça sobre a importância do cenário no decorrer de uma história de BD, será dedicada a Ricardo Cabral, ilustrador e autor de banda desenhada de 34 anos, recordando o trabalho de álbuns como "Pontas Soltas - Cidades", "Newborn - 10 dias no Kosovo" e "Israel - Sketschbook".

O festival é organizado pela autarquia, e Nelson Dona considera que tem sido "um desafio gigantesco", por via das restrições orçamentais e de "procedimentos administrativos" que têm dificultado o planeamento, pelo que está a ser ponderado qual o melhor modelo de gestão.

Apesar das sucessivas garantias políticas da autarquia, o festival tem saído fragilizado por conta da aplicação da Lei dos Compromissos na gestão financeira dos municípios: "Há pareceres jurídicos complicados que têm criado entraves, porque há atividades que não são realizáveis em tempo útil", sustentou o diretor.

Sobre a programação deste ano, Nelson Dona referiu ainda que a temática dos cenários atravessará outras exposições, nomeadamente a que é dedicada aos 75 anos do Super-Homem, focando os espaços urbanos das histórias, e ainda a mostra sobre banda desenhada brasileira contemporânea.

Esta última, intitulada "Seis esquinas de inquietação", apresenta trabalhos originais de André Diniz, André Kitagawa, Diego Gerlach, Rafael Sica, Marcelo D'Salete e Pedro Franz, seis autores brasileiros que registam fenómenos sociais e locais muito diferentes do Brasil.

Estão previstas ainda exposições sobre o caricaturista e desenhador Fernando Relvas e sobre o escritor David Soares, que tem assinado vários argumentos de BD, nomeadamente "O pequeno deus cego", "É de noite que faço as perguntas" e "Mucha".

Com lançamento do terceiro e último volume das aventuras de Dog Mendonça e Pizzaboy marcado para novembro, o Amadora BD recordará em exposição algumas das pranchas dos volumes anteriores da banda desenhada portuguesa, idealizada por Filipe Melo, Juan Cavia e Santiago Villa.

A ilustradora Madalena Matoso, premiada em 2012 no festival com o livro para a infância "Todos fazemos tudo", terá uma mostra individual, enquanto na Casa Roque Gameiro, estarão originais assinados por Ana Biscaia, Prémio Nacional de Ilustração 2012.

A organização distingue anualmente os melhores títulos portugueses e estrangeiros publicados no mercado nacional, não tendo ainda divulgado a lista de nomeados desta edição.

_______________________________________________________

 
Locations of visitors to this page