sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

JÁ ESTÁ A DECORRER O 37º FESTIVAL DE LA BANDE DESSINÉE DE ANGOULÊME 2010 + um BDpress (recortes de imprensa) #109 – TEXTO DE PEDRO CLETO NO JN SOBRE O



O 37º FESTIVAL DE LA BANDE DESSINÉE DE ANGOULÊME começou ontem – sob a presidência de Blutch, Grande Prémio de 2009 – dia 28 e prolonga-se até domingo, dia 31. Com um diversificado programa, como é habitual, o Festival dos Festivais europeus (embora não tenha sido o primeiro) pode ser seguido no renovado site: bdangouleme.com com destaque especial para a lista dos candidatos aos prémios, cujo vencedor será anunciado no domingo.

Curiosamente o site da Associação de Críticos e Jornalistas franceses de Banda Desenhada (ACBD) elegeram como vencedor do seu Grande Prémio – o livro do ano de 2009 – DIEU EN PERSONNE, de Marc-Antoine Mathieu, editado por Éditions Delcourt, que nem sequer é candidato em Angoulême… ver AQUI.

Podemos seguir, momento a momento, o que se passa durante o festival, no site do BDAngoulême, que se encontra referenciado (como ligação directa) aqui no Kuentro2, na coluna da direita – basta clicar para ver o que vai acontecendo.

Infelizmente não parece haver nenhum editor português entre os cerca de 200 editores presentes neste 37º FIBDA (curiosa esta designação, não é? – conheço isto de qualquer lado – com outros numerais associados –, vocês não?…), o que é um bocado mau para a BD deste país. Lembro que no ano passado estiveram presentes a ChiliComCarne e a ElPep…

Aqui ficam os cartazes e algumas fotos de anos anteriores, mais os banners do site do Festival.

Depois, um texto de Pedro Cleto (sempre em cima dos acontecimentos), no Jornal de Notícias de 27 de Janeiro, sobre a participação de alguns autores portugueses no FIBDAngoulême.

Imagens da responsabilidade do Kuentro.




Jornal de Notícias, 27 Jan2010

AUTORES NACIONAIS MOSTRAM OBRAS EM ANGOULÊME

Maior festival europeu de BD arranca amanhã. Esperados mais de 200 mil

F.CLETO E PINA

Começa amanhã o 27.º Festival International de la Bande Dessinée d'Angoulême, em França, a mais importante manifestação europeia dedicada aos quadradinhos. Alguns criadores portugueses vão aproveitar o evento para mostrar a sua obra a nível internacional.

Durante quatro dias, entre os mais de 200 mil visitantes esperados na pequena cidade, haverá cinco portugueses, de portfólio na mão, para mostrarem o seu trabalho aos editores. É o caso de Filipe Pina e Filipe Andrade, autores de BRK, cuja editora "tem reuniões e contactos marcados para colocar o livro no mercado estrangeiro". Ao JN, revelaram que levam também uma BD que Pina desenhou "para a Marvel sobre o Iron Man" e projectos novos, entre os quais "Senhores do fogo", sobre "um bombeiro que, no seu primeiro incêndio, se depara com um monstro de fogo que só ele consegue ver e lhe obedece".

Também Rui Lacas, que em 2006 conseguiu em Angoulême o contrato para publicar, na Paquet, "Merci patron", está de regresso a França, para mostrar "Asteroid fighters", um projecto de super- -heróis bem recebido pela crítica nacional e propostas para uma novela gráfica.

Acompanham-no dois outros membros do Lisbon Studios, João Tércio, que leva os originais do álbum que vai editar em Portugal em Maio, e Ricardo Cabral, para mostrar "Israel sketchbook" e tentar concluir as negociações para desenhar um álbum para uma editora francófona.

No entanto, o destaque vai para as mostras dedicadas a Blutch, Grande Prémio de 2009 e presidente do festival, e às populares séries "Túnicas azuis", "Léonard" e o manga "One piece". O programa, diversificado, tem também lugar para autores experimentais, como Neaud ou Fabio, e para as colectivas Desenhadores de Humor, BD Russa ou 100 por 100, que revela como uma centena de autores reproduziu ou sequenciou uma das pranchas clássicas do Museu da BD local.



Pepedelrey, Jorge Coelho e um amigo de ocasião, no Festival do ano passado.





 
Locations of visitors to this page