terça-feira, 5 de julho de 2011

BDpress #273: CINQUENTA ANOS DE ZAGOR – Pedro Cleto no Jornal de Notícias.

O Zagor de Mauro Laurenti


Jornal de Notícias, 15 de Junho de 2011

ZAGOR COMEMORA 50 ANOS

F. Cleto e Pina

Há exactamente 50 anos, era publicado em Itália o primeiro número de Zagor, uma criação de Guido Nolita, aliás Sergio Bonelli, que adoptou aquele pseudónimo para se distinguir do seu pai Gianluigi Bonelli, o “inventor” dos quadradinhos populares italianos. A seu lado, no desenho, estava Gallieno Ferri, responsável pelo grafismo da série e das principais personagens, que escolheu o actor Robert Taylor como modelo para o herói.
Zagor - que esteve para se chamar Ajax, não fosse esse já o nome de um detergente! - era mais um western para o catálogo da editora Bonelli, embora de características diversas de Tex a sua série de referência. O protagonista é Za-gor-te-nay, nome que recebeu dos índios por utilizar como principal arma um pequeno machado. Branco, jovem, ágil e com extraordinário reflexos, bem sucedido junto do belo sexo, vive na zona pantanosa de Darkwood, situada na região dos Grandes Lagos no nordeste dos Estados Unidos e é considerado imortal e invencível pelos índios.

Zagor luta pela justiça e pela verdade sempre ao lado dos mais fracos, em aventuras movimentadas recheadas de acção e com um toque de humor dado pelo seu companheiro habitual, o mexicano Chico, gordo, desajeitado e trapalhão, embora pontualmente, a ficção-científica, o mistério e o horror também marquem presença.

Em Itália, onde é publicado em edições de preço acessível, a preto e branco, que nos anos 1970 vendiam mais de 220 mil exemplares mensalmente, este primeiro meio século de vida fica assinalado por diversas exposições e edições especiais.

No nosso país, Zagor estreou-se em 1978, numa edição da Portugal Press não autorizada pela casa mãe Bonelli e que duraria apenas 16 números. Desde 1985 tornou-se presença regular nas bancas e quiosques nacionais através das edições que mensalmente chegam do Brasil e que actualmente são da responsabilidade da Mythos Editora que propõe três títulos: Zagor, Zagor Extra e Zagor Especial.




Zagor - Collana Lampo nºs. 1, 2, 3 e 14


Sergio Bonelli (Guido Nolita) e Gallieno Ferri

Os desenhadores de Zagor: Mauro Laurenti, Domenico Di Vitto, Gallieno Ferri e Moreno Burattini

Zagor em Portugal - edição pirata
______________________________________________________________

Já agora, porque, ao que parece houve festa de Zagor na Piazza dei Fumetti (Praça da Banda Desenhada), em Roma (Torrino Mezzocammino) - praça que foi inaugurada em Novembro de 2009, onde aparece a "família Bonelli" em grande estilo, aqui ficam algumas fotos da dita praça:





As duas últimas fotos são da inauguração da Piazza dei Fumetti (também Piazza Andrea Pazienza - um autor italiano de BD, que faleceu em 1988, aos 32 anos por overdose). Os painéis sobre personagens de BD, que envolvem a praça, foram executados com mosaicos de azulejos em fotocerâmica, cada painel tem a dimensão de 4,20m x 3,60m. 
______________________________________________________

As imagens são da responsabilidade do Kuentro
______________________________________________________


 
Locations of visitors to this page