quinta-feira, 18 de março de 2010

LANÇAMENTO DO “CELACANTO” #2 – ECOZINE SOBRE O LOBO, DA QUALALBATROZ. HOJE (18 DE MARÇO) ÀS 18:00h NO MUSEU NACIONAL DE HISTÓRIA NATURAL


Depois do “Celacanto” #1 – sobre o Albatroz, a QualAlbatroz lança o #2, desta vez dedicado ao lobo. O lançamento terá lugar hoje à tarde no Museu Nacional de História Natural, na Rua da Escola Politécnica, 58, Lisboa.

Aqui ficam o Convite e os textos de apresentação que a QualAlbatroz nos enviou:




Celacanto n.º 2 - Ecozine sobre o Lobo
uma publicação da Editora Qual Albatroz

Lançamento do livro
&
Inauguração da exposição Lobos para Todos

18 de Março, 18 horas, debaixo da barriga da Baleia Azul,
Museu Nacional de História Natural
Rua da Escola Politécnica, 58
Lisboa

UM LIVRO PARA AJUDAR A SALVAR O LOBO

No ano passado a Qual Albatroz largou o seu primeiro Celacanto e dedicou-o, como
não podia deixar de ser, ao Albatroz. Foi assim que começou a série de Ecozines
dedicada a ajudar espécies em perigo e baptizada em homenagem ao peixe préhistórico
que regressou da extinção.

Para este número 2 do Celacanto, o animal escolhido foi o Lobo e a Editora Qual
Albatroz colaborou com o Grupo Lobo com o fim de alertar para as ameaças que
este animal enfrenta, nomeadamente o lobo ibérico, e angariar fundos para a sua
conservação. Actualmente, pensa-se que na Península Ibérica existam cerca de
2500 lobos, dos quais 300 em território português (Pimenta et al., 2005).

A participação no projecto excedeu as expectativas e os organizadores estão muitíssimo satisfeitos com o resultado final. Marc Parchow, da Qual Albatroz, refere que “Para nós, o primeiro número já tinha sido um sucesso quando 37 pessoas aceitaram participar. Relembro que participa quem quer, quem acha que vale a pena. Este novo Celacanto sobre o lobo soma ao todo 80 participações na sua maioria oriundas de Portugal, mas também algumas do Brasil. É o dobro dos participantes do
ano passado, o que nos alegra muito e nos mostra como há muita gente disposta a
participar neste tipo de causas, só precisam de uma boa ideia para as fazer agir. Para nós é também um sinal de que é necessário prosseguir com o Celacanto e, por isso, já temos o próximo animal escolhido, que será revelado na sessão de lançamento
do livro no dia 18 de Março.”

O conjunto de trabalhos apresenta uma grande diversidade de motivos e géneros
- poesia, banda desenhada, conto, desenho, pintura, fotografia - todos eles em
defesa desta espécie ameaçada e que, no seu conjunto, acabam por criar uma graciosa
rapsódia artística. A capa é um trabalho original de Miguel Rocha desenhada
especialmente para esta edição.

Para o representante do Grupo Lobo, “a proposta de colaboração na edição do
segundo número do ecozine Celacanto é mais uma oportunidade de contribuirmos
para a divulgação da nossa visão deste carnívoro. É nossa convicção que este é mais
um contributo válido para a conservação do lobo ibérico e que as diversas expressões
da percepção deste animal reflectem a importância e a riqueza do mesmo na
nossa cultura.”

Este ano, o Celacanto apresenta ainda uma novidade face ao número anterior. No
mesmo dia da apresentação do livro, será inaugurada a exposição “Lobos para
Todos” que incluirá vários dos trabalhos dos participantes. A exposição terá um
carácter itinerante, podendo ser exibida em escolas, bibliotecas e centros culturais.
“É uma forma de dar a conhecer este projecto a mais pessoas e aumentar o seu
valor formativo, especialmente entre os mais jovens”, comenta Marc Parchow da
Editora Qual Albatroz.

Da experiência do número anterior, a Editora e os seus parceiros aprenderam que o
Celacanto permite criar amizades, aproximando pessoas com sensibilidades e ideais
semelhantes, e ainda que as parcerias criadas não se encerram uma vez terminado
o projecto. A editora Qual Albatroz continua a colaborar com a sua primeira parceira,
a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, e “certamente continuaremos
a trabalhar com o Grupo Lobo no futuro, porque temos ideais em comum”, afirma
Marc Parchow.

O ecozine Celacanto pretende ser, acima de tudo, um projecto inspirador, uma ideia
que faça as pessoas acreditarem que a sua contribuição para o nosso planeta é
fundamental. Uma ideia que pode parecer banal e gasta mas que o Celacanto quer
revitalizar.

SOBRE O PROJECTO ECOZINE CELACANTO

O Celacanto antes de ser livro, foi peixe, foi considerado extinto e regressou da
extinção. Veio dar-nos uma segunda hipótese e, assim, passou a ser a nossa inspiração
e o nosso Ecozine. O Celacanto é um livro, mas é também um desafio à nossa
participação numa das importantes causas do nosso tempo - a responsabilidade
ecológica perante o nosso planeta. Todos nós irradiamos quotidianamente uma
energia que nos dá vontade de fazer alguma coisa para ajudar mas que acaba por
desaparecer com a “resposta” apaziguadora “mas o que é que eu posso fazer? Tenho
aqui estas peúgas para lavar e os miúdos para mudar...” Ora, há aqui uma perda
energética que reduz a eficiência do sistema humano. O que o projecto Celacanto
faz é reparar esta fuga, reenviando esta energia vivencial, antes que ela se perca, e
colocando-a na justa forma de um livro onde se torna um contributo na luta contra
o empobrecimento do planeta. O Celacanto é, portanto, um íman de energia, um
desafio à criatividade e um convite para exercermos a nossa cidadania de uma
forma mais activa.

Funciona da seguinte maneira: todos os anos, escolhemos uma espécie em perigo e
largamos a ideia. Depois, na verdade, o livro vai-se fazendo sozinho da colaboração
voluntária de quem acredita que a sua participação pode fazer a diferença, ou regressando à nossa ideia de partida, daqueles a quem o Celacanto chegou a tempo
de resgatar a tal energia criadora. E este resgate tem a vantagem de ser altamente
contagioso, porque das 37 participações do primeiro número, passámos para 80.
Portanto, garantimos que vai haver mais Celacantos e mais pessoas a participar.

Mais informações:

Qual Albatroz – Nasce em Setembro de 2007 porque o desejo de fazer livros
foi incontornável. Fazê-lo sob a bandeira da Qual Albatroz é destino. Temos o poder
e a oportunidade de criar objectos belos com a capacidade de mudar uma vida e
moldar uma imaginação, de esboçar um sorriso na cara do nosso leitor.
Página oficial - www.qualalbatroz.pt
Contactos - marc@qualalbatroz.pt

Grupo Lobo – Associação não governamental de defesa do ambiente, independente
e sem fins lucrativos, fundado em 1985 para trabalhar a favor da conservação
do lobo ibérico e do seu ecossistema em Portugal.
Página oficial - http://lobo.fc.ul.pt
Contactos - globo@fc.ul.pt | Telefone: 217 500 073

Apoios:

Ordem dos Biólogos – É uma associação pública representativa dos licenciados
no domínio das ciências biológicas ou equiparados que exercem a profissão de
biólogos. Desenvolve a sua actividade no sentido de assegurar a defesa e promoção
da profissão de biólogo, a melhoria e o progresso da Biologia nos domínios científico,
pedagógico, técnico e profissional.
Página oficial - www.ordembiologos.pt

Grupo Entropia – Associação informal, composta por vários artistas, que tem
como principal objectivo a promoção e evolução das Artes em Portugal, através da
realização de diversas actividades.
Página oficial - www.grupoentropia.net

museu nacional de história natural - O Museu Nacional de História Natural
é um organismo da Universidade de Lisboa, vocacionado para a investigação
científica e actividades de extensão cultural.
Página oficial - http://www.mnhn.ul.pt

Ficha técnica:
autores

A. Cardoso Maguire, Adelina Menaia, Agusti Miquel Martinez Mussons, Alexandre
Soares, anabela g & bruno c, Ana Cardoso, Ana Saúde, Ana Teixeira, André Oliveira,
António Orta, António Ribeiro, baptiste, Bel Isa, Bernardo Dias, Bismarcke, Bruno Balegas, Bruno Barão da Cunha, Cibelli Barone, Constança Lucas, Diogo Carvalho, Edite
G., Eric Ricardo, Fátima éffe, Fernando Wintermantel, FIL, Francisco Fonseca, Gastão
Travado, GEvan.., Gordo, Hugo Soares, Hugo Schepens de Melo, Inês Costa Lopes,
Inês Amaral da Cunha , Irina Seves, Ivone Silva, Jhion, Joana Estrela, João Drumond,
João Figueiredo, João Raz, José Abrantes, José Carlos Dias, Kris, Louie, Luís Diogo,
Luís Lourenço Lopes, Lupi, Mafalda Paiva, Marc, Margarida Lopes Fernandes, Maria
Mar, Mariana Pita, Maribel Sobreira, Marta Lebre, Mary John, Miguel Martins, Mima,
Nadi, Nádia Cardoso, Neca, Ocsav, Olívia Lima, Paulo Marques, Paulu Mayyahk, Pedro
Carvalho, Pedro Rodrigo Costa, Phermad, Raquel Correia, Ribeiro, Rita Cardoso,
RoyZac, Rui Alex, Sara Diogo, Sir J. Mascarenhas, Sofia da Palma Nogueira, S.Simões,
Sylviane Angèle Rigolet, Vanessa Oliveira, zlê.
Edição
Qual Albatroz
parceiro
Grupo lobo
Apoios
Ordem dos Biólogos, Grupo Entropia, Museu Natural de História Natural de Lisboa,
Centro de Biologia Ambiental.
Apoios à exposição
Ideias e Truques Design, Acrilac, Quinta da Ribeirinha, Montes de Encanto.
Características do livro
115 páginas, capa a cores em papel Rives de 250 grs, miolo a preto e branco em
papel Munken de 100 grs. Formato A5. Tiragem de 750 exemplares.
PVP
5 euros, dos quais 1,5 € reverterão a favor do Grupo Lobo.

Algumas imagens:




______________________________________________________________________________
 
Locations of visitors to this page