quinta-feira, 4 de março de 2010

BDPRESS (RECORTES DE IMPRENSA) #114 – Recomecemos então, com textos de Pedro Cleto publicados no Jornal de Notícias

Mudança feita, da Malveira da Serra para Caldas da Rainha, retomemos então os posts habituais. Há muita coisa em arquivo destes últimos dias, portanto vou por partes para não inundar o pessoal com uma enxurrada de material. Recomecemos então, com textos de Pedro Cleto publicados no Jornal de Notícias: os aniversários de Luís Euripo (JN de 20 de Fevereiro) e Lulu (JN de 23 de Fevereiro) e a notícia da multa ao Capitão Haddhock por fumar na TV…

Jornal de Notícias, 20 Fevereiro 2010

LUÍS EURIPO COMPLETA 60 ANOS

Se o nome de Luís Euripo evoca boas recordações nos que o conheceram nas páginas do "Mundo de Aventuras", para alguns será uma surpresa saber que o seu verdadeiro nome era Ben(jamin) Bolt e que era americano e não português.

No entanto, como era norma na época entre nós, foi rebaptizado para servir como "bom exemplo" e "exaltar os valores pátrios". Por isso, também, o seu treinador Spider Haines, passou a Zé Gomes, e as suas aventuras transitaram de Boston para Lisboa!

Estreado a 20 de Fevereiro de 1950 - e apenas cinco meses depois em Portugal como tira diária, Ben Bolt completaria hoje 60 anos, não tivesse falecido comum tiro no peito, em 1978, quando se preparava para receber o Prémio Nobel da Paz, como agente da Interpax.
Para trás, devido a uma lesão em1955, tinha ficado há muito o boxe - em que se sagrara campeão mundial de pesos-pesados em1953 – bem como o jornalismo e a investigação privada.

Os criadores de Big Bem Bolt foram Elliott Caplin, na escrita, e John Cullen Murphy, no desenho. Quando este abandonou Bem Bolt, em1970, o declínio da série acelerou-se até ao trágica desfecho já citado e ao seu cancelamento, a 15 de Abril de 1978.

A Classic Press Comics anunciou para Abril próximo o primeiro volume com as tiras diárias de Big Ben Bolt desenhadas por Murphy.

________________________________________________________________________________

Jornal de Notícias, 23 Fevereiro 2010


A MENINA LULUZINHA FAZ HOJE 75 ANOS

LittIe Lulu, a popular Luluzinha, criada por Marjorie Henderson Buell, a primeira autora de banda desenhada a ter sucesso nos Estados Unidos, completa hoje 75 anos. Nasceu como cartoon no "The Saturday Evening Post”,a23 de Fevereiro de1935.

O "gag" inaugural mostrava-a a lançar cascas de banana à frente de uma noiva que se encaminhava para o altar. Sempre com um vestido vermelho e com cachinhos nos cabelos, tendo entre oito e dez anos, era decidida, teimosa, mandona, inteligente e, por vezes, maliciosa.

O seu carácter forte levou-a a protagonizar também uma revista aos quadradinhos (entre1948 e 1984), uma tira diária de Imprensa 1950-1969) e desenhos animados (a partir de 1943),tendo chegado a rivalizar em popularidade com os principais heróis Disney.

Nos Estados Unidos, nas décadas de1940 e 1950, foi a cara dos lenços Kleenex e da Pepsie e os brasileiros Roberto e Erasmo Carlos inspiraram-se nesta BD para compor a música “A Festa do Bolinha".

Com passagem discreta por algumas publicações nacionais, foi popularizada em Portugal através de revistas brasileiras, onde muitos puderam ler as suas aventuras, que decorriam em torno do quotidiano infantil, entre partidas, brincadeiras e zaragatas com os seus amigos, entre os quais se destacavam Tubby (Bolinha), Iggy Inch (Carequinha), Annie (Aninha), o riquinho Wilbur Van Snobbe (Plínio), a bela Glória ou Alvin James (Alvinho). Através deles, os diversos autores que passaram pela série, entre os quais se destacam John Stanley e Irving Tripp, abordavam também questões sociais como as diferenças entre os sexos (através
dopopular cluBe dos rapazes "Menina não entra"), pobreza/riqueza, vida escolar ou familiar, sempre com o humor como denominador comum.

Em 2009, foi lançada a revista "Luluzinha Teen e sua Turma", criada por artistas brasileiros, que explora a adolescência das personagens originais.
____________________________________________________________________________________

Jornal de Notícias, 20 Fevereiro 2010-03-03


CAPITÃO HADDOCK MULTADO POR FUMAR

Embora seja mais conhecido pelo vício do álcool, a verdade é que o capitão Haddock, companheiro de Tintim em muitas aventuras, acaba de ser multado devido a um vício menos (re) conhecido: o tabaco…

Ou melhor, foi a cadeia de televisão turca TV8 que recebeu uma multa de 50 mil libras (cerca de 24 mil euros), imposta pelo alto conselho turco para o audiovisual (RTÜK) por exibir um episódio de desenhos animados de Tintim em que Haddock aparece com o seu tradicional cachimbo na boca, apesar de um dos membros daquele organismo ter votado contra, por considerar que as crianças são capazes de fazer a distinção entre personagens reais e fictícias.

Desde o ano passado, a lei turca proíbe o uso de tabaco em locais públicos e a exibição de imagens com fumadores, isto num país que é o décimo produtor mundial de tabaco e onde se estima que um terço da população adulta é fumadora.

Criado por Hergé em1940, em "O caranguejo das tenazes de Ouro", nono álbum das aventuras de Tintim, Haddock, que se tornou num amigo inseparável do famoso jornalista, foi desde logo mostrado como alcoólico. Na versão colorida, datada de 1944, Haddock aparece pela primeira vez, já ébrio, na prancha 14, mas é preciso esperar até à 43 para o ver de cachimbo na boca. Os seus vícios, que inspiraram gags memoráveis, acompanharam-no ao longo dos álbuns e surgiram muitas vezes em lugar de destaque no merchandising a ele associado.

___________________________________________________________________________________
 
Locations of visitors to this page