sexta-feira, 29 de março de 2013

NOVO LIVRO DE TOPEDRO NA LIVRARIA PEDRANOCHARCO ONLINE



NOVO LIVRO DE TOPEDRO 
NA LIVRARIA PEDRANOCHARCO ONLINE

Prosseguindo a sua produção em edição de autor, Topedro editou um novo volume autobiográfico, que já está na livraria Pedranocharco online.

Aqui ficam todos os livros de Topedro - à venda AQUI na livraria online (excepto O Nome do Pai). Entretanto aproveito para informar que os livros de Manara e Crepax, colocados na quarta-feira na loja, já foram vendidos.

A MINHA AVÓ CONCEIÇÃO
2013 
Formato 14,4 x 21 cm, 50 págs. a preto e branco. 
Preço: 8 € 



O PEQUENO OUTRO (BIOGRA FRIA) 
2012
Formato: 15 x 21 cm - 100 págs.  
Preço: 10 € 




Tópedro surpreende-nos com esta nova edição de O NOME DO PAI (Auto Grafia) 2012, agora com mais 40 páginas e reintitulado O PEQUENO OUTRO (Biogra Fria) 2012.


O NOME DO PAI (AUTO-GRAFIA) 
Formato 15 x 23 cm, 60 págs., preto e branco 
2012 
Ler texto sobre este livro, por Pedro Cleto em As Leituras do Pedro 

FRAGMENTOS (ensaio gráfico)
2012 
40 págs., 21 x 21 cms, a cores 
Preço: 12 € 


Cada página apresenta apenas um desenho: numa primeira fase, representam-se cenas da vida quotidiana: levantar-se, tomar o pequeno-almoço, alguns afazeres caseiros de trabalho, a higiene, sair de casa. Um interregno desse ritual é interrompido por um rol de filósofos e pensadores (Schopenhauer, Derrida, Wittgenstein, Freud), com curtas frases jocosas reduzindo ad absurdum as suas respectivas Weltanschauungen. E um terceiro e último ciclo multiplica-se em cenas de um quotidiano nacional que ausculta as tensões sociais e económicas, as estratégias políticas e financeiras, e que tanto revelam de realista como de generalista.

Pedro Moura em LerBD

MORES ET ALL 
2011 
34 págs. A P&B – Formato 14,5 x 21 cm - Edição 2011 
Preço: 5 € 



Estas histórias mergulham, então, em discursos abstractos, filosóficos, mas sempre procurando que ligações são possíveis de lhes dar um peso ou uma gravidade terrena, à escala humana. Procura-se menos uma transcendência absoluta e poética do que a beleza da imanência humana. Isso está reforçado no que se poderia chamar de segunda parte do livro, de um tom mais autobiográfico e mais contextualizado de forma concreta.

Pedro Moura em LerBD

O CÉU É MEU É MEU O MAR 
de Topedro e Stefana 
2011 
44 págs a cores – Formato 23 x 17,5 cm 
Versões em português e inglês (The Sky is mine mine is The Sea) 
Adaptação de The Daughter of Time, de Stefana Serafina (2008)  
Preço: 12 € 



Este pequeno livro, oblongo, tem duas partes, separáveis e identificáveis fisicamente. Uma a que daremos o nome de “ficção”. A outra a que chamaremos de “explicação”. A primeira é-nos narrada por um narrador, tal qual, a segunda, pelo autor. A primeira pauta-se pelos contornos da ficção, a segunda tenta apresentar elos à realidade. A parte da ficção revela-se ser uma adaptação de um texto de Stefana Serafina, “The Daughter of Time”. Pequeno melodrama entre um professor de artes visuais norte-americano a dar aulas na FBAUL e uma das suas alunas, que se apaixona por ele, aventuras e fuga para a Zambujeira. A parte “explicativa” revela-se como diário do autor (António Pedro Monteiro Ribeiro, assinando Topedro), em que se explora um momento fugaz de férias na Zambujeira, quando o autor se cruza com uma vizinhas de arrendamento, búlgaras (uma delas, Stefana Serafina), e estas lhe enviam mais tarde, como forma de agradecimento e resposta a um breve desentendimento, “um argumento para um filme inspirado na minha figura”. Apesar do autor terminar com uma nota auto-derisória (“vanitas vanitatum…”), o jogo de reflexos entre as pessoas envolvidas é por demais claro. Retornos e devoluções de vários actos criativos cruzados, da realidade para a ficção e de regresso à realidade (ou vice-versa, o que não é a mesma coisa).

Pedro Moura em LerBD

__________________________________________________
 
Locations of visitors to this page