segunda-feira, 31 de outubro de 2011

22º AMADORA BD 2011 - AS FOTOS DO SEGUNDO FIM-DE-SEMANA E OS PREMIADOS DOS PRÉMIOS "NACIONAIS" DE BANDA DESENHADA (NÃO SABEMOS O QUE A ILUSTRAÇÃO ESTÁ AQUI A FAZER, MAS ENFIM...)

Antes das fotos, ficam aqui as imagens das capas do Programa e do Catálogo deste FIBDA'2011


AS FOTOS 
DO SEGUNDO FIM-DE-SEMANA 
DO 22º FESTIVAL AMADORA BD'2011

  Se no primeiro sábado o público quase ensurdeceu com o cante alentejano, no segundo ensurdeceu mesmo, com as gaitas de foles e os tambores do grupo Bombrando, da Brandoa a tocarem naquele parque de estacionamento com cerca de 3 metros de pé direito... foi de fugir...


 Até a máquina fotográfica quase fechou o "olho", já que os "ouvidos" não estavam ligados...

  Os stands estavam mais ou menos animados...

  ... mas cá fora, nem por isso...

 A "sala de fumo", da esquerda para a direita: Joana Afosno (ia a passar), Hugo Teixeira em conversa com Paulo Monteiro e Carlos Pascoa (de costas), Luís Beira encostado ao varandim, e João Amaral...


 A "exposição" sobre a Pedranocharco, no stand da mesma...

 No domingo de manhã houve a Festa da Caricatura...

Aqui, Zé Oliveira em plena laboração... depois a máquina ficou sem bateria... esperemos pelas fotos do Osvaldo de Sousa, para completar esta secção...


 Nos Aufótragos, estiveram Hugo Teixeira...
 Eric Maltaite...
 João Martins...
 José Ruy...

  Nelson Martins tentava animar alguém ...

 André Caetano...
 João Spacca de Oliveira, aufotragando um dos BDjornalecos, já que não havia livros dele...
 Victor Mesquita lia um romance enquanto esperava "de balde" por um pedido de aufotragos...
... e Xaquin Marin ia desenhando numas folhecas...
 Derradé e Spacca...
 ... Luis Gê...
 ... Shannon Wheeler...
 ... Rui Lacas...
... Filipe Andrade...
 ... Geral e Derradé...

E a Conferência dos cartoonistas, com bastante público, como se pode ver...

__________________________________________________________

PRÉMIOS "NACIONAIS" 
DE BANDA DESENHADA
(sacados de DIVULGANDO BD, de Geraldes Lino)

Como se poderá verificar, a legitimidade destes prémios é de partir a rir: a ASA ganha quase tudo, quando de facto NÃO PUBLICA TUDO e depois, até juntou dois prémios para o Ricardo Cabral, (que até os merece), mas onde haveria mais por onde escolher. E depois, que tal o Victor Mesquita com o prémio de "Melhor Argumentista"? - até ele se riu disto. 
Haveremos de falar destes "prémios" na altura própria...

Melhor álbum Português
O Amor Infinito Que Te Tenho
Autor: Paulo Monteiro
(Editora Polvo)

Melhor Argumento de Autor Português
Eternus 9. A Cidade dos Espelhos Autor: Victor Mesquita
(Gradiva Publicações)

Melhor Desenho de Autor Português
Newborn 10 Dias no Kosovo
Autor: Ricardo Cabral
(Edições ASA)

Melhor Álbum de Autor Português em Língua Estrangeiro
Agencia de Viajes Leming
Autor: José Carlos Fernandes
(Editora Astiberri)

Melhor Álbum Estrangeiro editado em Portugal
Blacksad. O Inferno, o Silêncio
Autores: Guarnido (des.), Diaz Canales (arg.) (Edições ASA)

Clássicos 9ª Arte
Astro Boy (nº3)
Autor: Osamu Tezuka (Edições ASA)

Melhor Álbum de Tiras Humorísticas
Happy Sex
Autor: ZEP (Edições ASA)

Melhor Ilustração de Livro Infantil (Autor português)
Autora: Ana Afonso
Obra: O Lobo Prateado
(Editorial Caminho)

Melhor Ilustração de Livro Infantil (Autor estrangeiro)
Autora: Marjorie Priceman
Obra: Paris na Primavera com Picasso
(Gradiva Publicações)

Fanzine
Venham+5 (nº8)
Coordenador: Paulo Monteiro
Editora : Câmara Municipal de Beja/Bedeteca de Beja

Juventude
Newborn. 10 Dias no Kosovo
Autor: Ricardo Cabral
Editora: Edições ASA

Troféu de Honra
Zé Manel
(José Manuel Domingues Alves Mendes - Lisboa, Janeiro de 1944) (*)

(*) Zé Manel é o pseudónimo de José Manuel Domingues Alves Mendes (Lisboa, Janeiro de 1944), cartoonista, ilustrador, e criador de banda desenhada.

A revista O Século Ilustrado mostrou os seus primeiros desenhos aos seis anos. Em 1959 publicou as primeiras anedotas em Os Ridículos e, em 1961, estreou-se profissionalmente como ilustrador de cartoons na Parada da Paródia.

Tm o curso de desenhador litógrafo na Escola de Artes Decorativas António Arroio.

Entre as muitas publicações para as quais trabalhou contam-se O Brincalhão, A Parada da Paródia, Jornal do Exército, A Chucha, Rádio &Televisão, O Emigrante, Bomba H, Fungagá da Bicharada, o fanzine Tertúlia BDzine, a obra colectiva Novas 'fitas' de Juca & Zeca, bem como o álbum infantil Os Burros, as Flores e o Sol, que foi editado no Japão.

É filho do criador de banda desenhada António Alves Mendes (Méco).
(Notas biográficas elaboradas pelo CNBDI-Centro Nacional de Imagem/Amadora)

__________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page