terça-feira, 30 de dezembro de 2014

BDpress #451: ESTADOS UNIDOS CHAMAM CRIADORES PORTUGUESES – DANIEL HENRIQUES E FILIPE ANDRADE EM PLENO NOS COMICS

Jornal de Notícias, 27/12/14 

ESTADOS UNIDOS 
CHAMAM CRIADORES PORTUGUESES

Tendência cresce nos comics americanos. Daniel Henriques e Filipe Andrade são os mais recentes casos 

F. Cleto e Pina

Nos últimos anos, tem sido recorrente autores lusos desenharem para o competitivo mercado americano. Agora, no passo seguinte, encontramo-los associados a projetos de maior destaque, como "Green Arrow" ou "Rocket Raccoon "

É o que acontece a Daniel Henriques, atualmente a fazer a arte final da revista regular "Green Arrow" (Arqueiro Verde), cujas vendas foram puxadas pelo êxito da série televisiva "Arrow", de que acaba de estrear a terceira temporada em Portugal.

A entrada de Daniel Henriques no mercado profissional de comics aconteceu "depois de o arte-finalista Danny Miki ter visto no Facebook uns trabalhos" seus, ao que se seguiu "um convite para ingressar no estúdio Crime Lab Syndicate", onde continua. Começou "por trabalhos para a Marvel Comics, depois, para a Image e, posteriormente, através do Jonathan Glapion, para a DC Comics", onde já está há cerca de dois anos. Trabalhou inicialmente na "Batgirl"; depois, em "Bírds of' Prey" e em "Green Lantern New Guardians".

No mês passado, foi lançada nos EUA a revista "Green Arrow" #36, onde fez a arte final "em conjunto com o Jonathan Glapion" e trabalharão neste título até indicação em contrário.

A atual popularidade deste super-herói, uma espécie de Robin Hood dos tempos modernos, por via dos bons resultados da adaptação televisiva, dá aos autores que trabalham na banda desenhada uma outra projeção, como Daniel Henriques comprovou na recente Comic Con Portugal, onde vendeu alguns originais e todos os "prints" que tinha com Green Arrow.

Já Filipe Andrade conta com mais alguns anos de experiência nesta área e trabalhos para a Marvel Comics em Iron Man, X-Men, Avengers ou uma adaptação de John Carter of Mars.

Agora, está a desenhar "dois números de "Rocket Raccoon", o 7 e o 8. Rocket Raccoon é o guaxinim antropomórfico caçador de recompensas que integra os Guardiões da Galáxia, supergrupo disfuncional que o filme de êxito deste verão guindou para os tops de vendas de comics norte-americanos.

"É de ficar sem fôlego"

Filipe Andrade afirma que este foi dos livros que teve "mais prazer em desenhar", tendo ajudado "o escritor, Skotie Young, a ser também artista, pois o livro está cheio de cenas boas para um desenhador". Na sua conta do Twitter, Young, após receber as primeiras páginas do desenhador português, escreveu: "Tenho a certeza de que é o melhor olhar comic que já vi na vida! É de ficar sem fôlego"!

O facto de o "Raccoon ser uma personagem meio fora, porque está sempre mal disposto e tem uma acidez de diálogo pouco comum em comics de super-heróis", também motivou Filipe Andrade, que reforça a importância de "trabalhar numa BD que teve a visibilidade que teve pelo excelente filme: só traz boas perspetivas". E termina, confessando "um outro lado, mais pessoal", pois o irmão "trabalhou na pós-produção do filme e, assim, esta tornou-se uma semi-parceria familiar".•

Rocket Racmon - É desenhado por Filipe Andrade
Green Arrow - Da autoria de Daniel Henriques

Daniel Henriques

Filipe Andrade

__________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page