quarta-feira, 17 de novembro de 2010

21º FESTIVAL INTERNACIONAL DE BANDA DESENHADA DA AMADORA / AMADORABD (8): EXPOSIÇÕES (4) – O MENINO TRISTE: PUNK REDUX – DOG MENDONÇA E PIZZA BOY – CITY STORIES

Regressemos então às exposições do 21º Amadora BD 2010, mas não sem que antes aconselhe todos os leitores a lerem AQUI, o importante texto de João Ramalho Santos sobre o Festival, “O que eu achei do 21º AMADORABD 2010”. Importante porque, devido à grande profusão de pontos de concordância, prenuncia um pouco o meu próprio texto final sobre o Festival de BD da Amadora – não só o deste ano – que terá, em si, linhas programáticas para a renovação que se deseja do mais importante Festival de Banda Desenhada realizado neste país.

As fotos que se seguem, são apontamentos das exposições O MENINO TRISTE: PUNK REDUXDOG MENDONÇA E PIZZA BOY e CITY STORIES.

O MENINO TRISTE: PUNK REDUX

Prenunciando o novo álbum de “O Menino Triste” de João Mascarenhas (que acabou por não sair durante este Amadora BD), esta exposição, tal como a seguinte, DOG MENDONÇA E PIZZA BOY, não tem ficha técnica no Catálogo Geral, não se sabendo portanto de quem foram as cenografias.



 DOG MENDONÇA E PIZZA BOY:



CITY STORIES

Parceria com o Festival de BD de Lodz (Polónia), teve projecto e execução da cenografia de Cláudia Gaudêncio e Rui Mecha. Tratando-se de um projecto do Festival de banda desenhada polaco da cidade de Lodz, segundo uma ideia de Adam Radon já na sua sexta edição, reúne os autores polacos Michal Sledzinski, Bartoz Sztybor e Balbina Bruszewska e os portugueses Filipe Andrade, Filipe Pina, Rui Lacas e Ricardo Cabral.







O desenho inconfundível de Ricardo Cabral (in Catálogo Geral do 21º Amadora BD 2010), em parceria com Balbina Bruszewska nesta história: "Lágrimas de Elefante"

Rui Lacas, na loja Dr. Kartoon, no 21º Amadora BD 2010, com Rui Brito (Polvo)

_______________________________________________________
 
Locations of visitors to this page