sexta-feira, 5 de julho de 2013

AMANHÃ: A FEIRA MORTA (A LAICA MORREU – ESTA É UMA FEIRA PÓSTUMA...) – E TAMBÉM A FEIRA DO LIVRO DA BANDA DESENHADA E DA POESIA EM TARDE COM AUTORES DE BD


AMANHÃ: 
FEIRA MORTA
(A LAICA MORREU
ESTA É UMA FEIRA PÓSTUMA...) 

FEIRA MORTA

Como já sabem a Laica acabou mas pelos vistos já andam por aí iniciativas para a substituir! Entretanto os rumores segundo os quais a Cafetra Records iria dar seguimento à Laica confirmam-se (mais ou menos):

A Laica morreu. A que se segue será uma Feira póstuma.

Baptizada como Feira Morta, e à semelhança da anterior, funcionará como o ponto de encontro, troca e venda de edições independentes, alternativas ou não convencionais, dentro de uma ética do-it-yourself.

Nela, novos e velhos editores e editoras apresentarão novidades, raridades e projectos esporádicos, artistas irão expor e vender originais e múltiplos, mostrando publicamente o seu bom e mau gosto e qualidade.

A Feira Morta pretende promover, acima de tudo, a divulgação e a descoberta do que hoje se faz, bem como o contacto directo e informal entre quem cria, quem compra e quem se interessa. À venda estarão livros e fanzines, discos e cassetes, desenhos e serigrafias, objectos vários, criados ou reutilizados, usados e em segunda mão. À vista, exposições de artistas e artesãos, que serão acompanhadas por workshops e outras actividades, projecções de vídeo de animação, documentais e/ou experimentais, concertos ao vivo e música em transmissões radiofónicas em directo e d.j. sets. Comes e bebes complementarão a festa/feira.

A Feira Morta quer ser, e será, um espaço aberto, face aos que (se) fecham, onde se fala, discute e pensa sobre ilustração, banda-desenhada, desenho, artes plásticas e gráficas, música, sobre o que se fizer ou quiser.

Albergada pelo Grupo Excursionista e Recreativo Os Amigos do Minho, a Feira Morta decorrerá em dois dias de provável calor infernal – 6 e 7 de Julho – num primeiro andar no Intendente.

RESSACA LAICA

Em LAICA NATAL em Março 6, 2013 às 8:13 pm

Pela primeira vez sabemos os números da Laica! Cerca de 900 pessoas por lá passaram nos dois dias do evento… Sempre desconfiámos que este era o nosso número real de visitas, mas nunca o pudemos confirmar. Graças aos seguranças dos Barbadinhos temos agora o número certo!

Entretanto vão começar os “posts” e fotos da última Laica, por exemplo, os Zulo Azul adoraram-nos: cronicasdelzuloazul.blogspot.pt/2012/12/esto-fue-la-feira-laica.html?spref=fb

FOTOS (DE SÍLVIA RODRIGUES) DA ÚLTIMA LAICA:









________________________________________________________

...e também...

TARDE COM AUTORES
DE BANDA DESENHADA
NA FEIRA DO LIVRO DA POESIA E DA BD
NA GUILHERME COSSOUL DE CAMPOLIDE
Rua Professor Sousa Câmara, 156

COM:
Álvaro
João Mascarenhas
Estrompa
Andreia Rechena
Filipe Duarte

Entre outros...


______________________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page