terça-feira, 17 de agosto de 2010

BDpress #162 – MAIS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NAS ESCOLAS BRASILEIRAS + HQCON DE FLORIANÓPOLIS

Enquanto a maior parte dos escribas portugueses sobre BD estão, segundo creio, de férias, e esperando nós por cá que comece o FIBDLUANDA 2010, vamos vendo um pouco do que se passa no Brasil. Aqui ficam dois textos: o primeiro, de Ana Paula Medeiros (que não consegui saber de onde é, lá no Brasil, e que, a páginas tantas, noticia com grande destaque a morte de José Saramago, onde vale a pena ler um poema dele) – vejam AQUI o blogue Impressões. Depois, o outro texto é sobre um dos muitos Festivais de HQs que acontecem no Brasil – o HQCon de Florianópolis.


IMPRESSÕES - Segunda-Feira, 16 de Agosto de 2010

Por Ana Paula Medeiros

HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NAS ESCOLAS

O governo brasileiro dobrou o número de histórias em quadrinhos na lista do PNBE (Programa Nacional Biblioteca da Escola), publicada esta semana no Diário Oficial. As HQs selecionadas pularam de 12 para 24 títulos. Cada título escolhido terá uma tiragem impressa de 30 mil exemplares, distribuídos em bibliotecas escolares de todo o país. Entre os clássicos, a nova relação faz algumas substituições nas HQs. Sai Machado de Assis, presente nas listas dos últimos anos, para dar lugar a “O Guarani”, de José de Alencar, que terá duas versões no PNBE 2011 (pelas editoras Ática e Cortez), e a uma adaptação do ótimo “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo (também pela Ática).

A surpresa é a inclusão do gênero de super-heróis:“Demolidor: O Homem sem Medo”, de Frank Miller (publicado pela Panini), “Asterios Polyp”de John Romita Jr., HQ brasileira de Danilo Beyruth, o fabuloso ‘Persépolis’, da iraniana Marjane Satrapi”, “Bidu – 25 Anos” e “MSP 50 - Maurício de Sousa por 50 Artistas”, ambas sobre o universo da Mônica, e “Zoo”, do também brasileiro Nestablo Ramos (editada pela HQM).

A linguagem HQ é unanimidade no gosto de crianças e adolescentes estudantes; Há algum tempo, as escolas públicas vem distribuindo a alunos do ensino médio, nas escolas estaduais bimestralmente, títulos clássicos visando principalmente a preparação o vestibular; Entretanto, dentro das escolar, o que vi foi muitos desses livros jogados nos latões de lixo, ou quando “chegam em casa”, são guardados em algum armário.

A escola tem o dever de despertar o gosto pela leitura e a História em Quadrinhos é uma ferramenta que pode ajudar afluir de uma forma clara e direta os conteúdo obrigatórios do currículo nacional. A quadrinização dos principais clássicos, da Historia do Brasil, História Geral, e de vários conteúdos pedagógicos seria mais uma forma de “alcançar” de forma leve e agradável a disseminação do conhecimento.
___________________________________________________


FÃS DE QUADRINHOS LOTAM HQCON EM FLORIANÓPOLIS

Florianópolis - Diário Catarinense (edição online) 16 de agosto de 2010

Por Gabriel Rocha

Foi muito legal a primeira edição da HQCon, que ocorreu no sábado em Florianópolis. Quem apareceu no Floripa Music Hall (e foi MUITA gente), teve a oportunidade de conferir palestras e exposições, comprar bonecos e badulaques nos estandes, além de trocar ideias sobre histórias em quadrinhos.

Destaque para as presenças de Eddy Barrows, desenhista do Superman, e de Ricardo Manhães, quadrinista morador de Florianópolis que trabalha para o mercado europeu. O evento ainda reuniu um bom número de cosplayers e outros tipos de nerds.

A HQCon também foi um excelente pretexto para reunir o público interessado em HQs em Florianópolis. O sucesso do evento serviu para provar que este público existe e que está ávido por outras oportunidades de confraternização e debates. Diego Moreau, José Mathias e todo mundo que participou da organização estão de parabéns. Aproveito também para agradecer a oportunidade de ter participado da HQCon como convidado, ao lado de figuras ilustres da HQ nacional, como Érico Assis, Mário Luiz C. Barroso e os já citados Barrows e Manhães.

Tirando alguns detalhes, como o atraso das palestras e as poucas opções gastronômicas, o evento foi perfeito. O melhor de tudo é que os organizadores já estão planejando a edição do ano que vem.

Palestras atraíram grande público (Foto: Ivan Jerônimo)

__________________________________________________________
 
Locations of visitors to this page