segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

FALEMOS DE FANZINES (2): DISPONÍVEL O Nº2 DO FANDAVENTURAS ESPECIAL – OS ÓRFÃOS DO MAR


FANDAVENTURAS ESPECIAL Nº2


OS ÓRFÃOS DO MAR
PRIMEIRA PARTE DA SAGA O GAVIÃO DOS MARES
DE WALTER BOOTH
2º EPISÓDIO

DO EDITORIAL DO Nº1

Recuperar a saga "O Gavião dos Mares " foi sempre um sonho que me acompanhou ao longo da vida. Tanto a mim como aos meus velhos amigos, leitores de O Mosquito, as peripécias movimentadas de dois jovens recuperados de um naufrágio no Mar das Caraíbas pelo corsário britânico, capitão Sir Richard Gray, fazem parte do nosso imaginário. Um desses meus amigos, um pouco mais velho do que eu, é um fanático da BD e o possuidor de um espólio valioso e fenomenal, do qual fazem parte várias centenas de raros números de antigas revistas juvenis inglesas onde a serie foi publicada. Quando eu falei de editarmos O Gavião dos Mares na sua totalidade eles anuíram todos de imediato e com o maior entusiasmo.

Porém, nas suas colecções faltavam cerca de cem páginas – precisamente as iniciais da série – e a única saída era recuperar aquelas que tinham sido publicadas pelo Mosquito. Mas a qualidade daquela impressão era deplorável e o confronto com as vinhetas que se recuperavam da versão original era abissal! O José Ruy explicou-me como a coisa se processava, pois o material vinha de Inglaterra, via marítima, inserido numas chapas de vidro que depois eram transportadas para a pedra litográfica nas oficinas onde se imprimia o Mosquito. Eiste processo fazia engrossar os traços de forma considerável e depois como a impressão era deficiente, o resultado resultava menos feliz. Além disso, como se estava em plena guerra na Europa, muitas páginas acabaram por nunca cá chegar! Face a este problema um dos meus amigos pediu aos seus conhecimentos ingleses que enviassem fotocópias das páginas que nos faltavam. Isto custou bem caio, pois eles precisaram de levar o material até onde ele pudesse ser processado, mas nem hesitámos. Porém, retirar as vinhetas de fotocópias é difícil porque tanto as cores como as redes são registadas igualmente a preto e branco, ainda que com menor intensidade. Mas valia a pena o esforço, pois mesmo assim a qualidade era consideravelmente melhor do que o material que fizéssemos a partir das páginas do Mosquito.

O resultado é o que têm nas vossas mãos. Melhor parece-me muito difícil de atingir. Deu-me uma trabalheira diabólica mas tinha de ser. Ainda tentámos encontrar patrocínio para uma edição mais sofisticada mas não deparámos com uma única entidade decidida em tomar conta do projecto. Daí a nossa reduzida e modesta edição em fanzine, a única que estava ao nosso alcance. Mas agora podemos publicar muitas dezenas de páginas que os leitores portugueses nunca viram e com uma qualidade que nos enche de legítimo orgulho. Agora é possível observar todos os requintes que o espantoso artista que foi Walter Booth colocou neste seu extraordinário trabalho, porventura aquele que mais o apaixonou, julgamos, pois ali apenas aparecem duas páginas de mãos estranhas que, por inúteis, não publicaremos. Foram feitas apenas para alongar a história, coisa que era comum e mais alargada noutros seus geniais trabalhos, como o mundialmente famoso Rob the Rover ou o Capitão Moonlight. Devido à sua extensão, julgamos, esta série preencherá perto de meia dúzia de números como o presente, mas será qualquer coisa de extraordinário para os bedéfilos portugueses possuírem, para além de uma peça única em todo o mundo! Serão cerca de oitocentas páginas do melhor que os Comics britânicos alguma vez produziram, durante os sete anos que a série demorou a ser publicada! Nem os ingleses poderão, sequer, aspirar, a ter uma coisa destas! Parabéns, meus amigos!

José Pires

Director/Produtor ALMERIC LAPIN
Redacção/Grafismo e Informática JOSÉ PIRES
Textos/Traduções
GUS PETERSON
e-mail: gussy.pires@sapo.pt

FANDAVENTURAS ESPECIAL Nº2
Fanzine, formato A4 ao baixo, capa e contracapa a cores. 108 págs. a preto e branco – € 30,00


Walter Booth, 8/5/1889 - 18/2/1971

___________________________________________

Imagens da responsabilidade do Kuentro

___________________________________________

 
Locations of visitors to this page