terça-feira, 22 de maio de 2012

BDpress #342: OS VINGADORES NO CINEMA – J.M.Lameiras no Diário as Beiras


OS VINGADORES CHEGAM AO CINEMA 

Diário As Beiras, 27 Abril, 2012 
João Miguel Lameiras 

O sonho de muitos fãs da Marvel concretizou-se finalmente, graças à chegada às salas de cinema do filme “The Avengers”, que reúne no mesmo ecrã alguns dos mais populares super-heróis da Marvel, como o Thor, Homem de Ferro, Hulk, Capitão América, Gavião Arqueiro e Viúva Negra, juntos numa super-equipa chefiada por Nick Fury.

Desde que a Marvel criou o seu próprio Estúdio e assumiu a produção das adaptações cinematográficas dos seus heróis, que este filme dos Vingadores estava previsto e a contratação de Samuel L. Jackson para interpretar o papel de Nick Fury, o director da Shield, com as suas aparições no final dos filmes do Homem de Ferro e do Thor e do Capitão América, deu desde logo a entender ao espectador que todos estes filmes decorriam no mesmo universo e que a reunião de todos esses super-heróis num mesmo filme, era só uma questão de tempo.

Um tempo que chega agora ao fim, com Joss Whedon no ingrato papel do realizador encarregue de satisfazer as elevadas expectativas dos fãs. Whedon, que é mais conhecido como criador da série televisiva “Buffy Vampire Slayer”, conhece bem os heróis da Marvel, tendo tido uma passagem brilhante pela série “Astonishing X-Men” como argumentista, que foi editada em Portugal pela BDMania, pelo que foi uma escolha inteligente por parte do estúdio.

Não tendo uma tarefa fácil, e sem conseguir fugir à estrutura habitual destas sagas com muitos personagens, em que eles primeiro discutem e lutam entre si, antes de se aliarem contra uma ameaça comum (neste caso, uma invasão extraterrestre liderada pelo maléfico Loki), Whedon constrói um filme cheio de acção e com muito humor, sendo os divertidos diálogos um dos aspectos mais conseguidos. Definido pelo próprio Whedon como um filme de guerra, “The Avengers” não poupa na destruição e nos efeitos especiais, em bem conseguidas cenas de acção, que podem ser vistas em 2D, ou 3D, conforme os cinemas.

Com a excepção de Bruce Banner/Hulk, interpretado desta vez por Mark Ruffalo, todos os outros actores regressam a personagens que já tinham desempenhado, com a curiosa excepção de Cobie Smulders (a Robin da série televisiva “Foi assim que Aconteceu”), que interpreta Maria Hill, uma agente da SHIELD, pelo que o tempo necessário para definir as personagens, é lado nas cenas de acção. E é isso mesmo que “The Avengers”, um filme de acção, divertido e com cenas espectaculares, mas pouco mais. O que, não sendo muito, será mais do que suficiente para a maioria dos fãs da Marvel.

(“The Avengers: Os Vingadores”, de Joss Whedon, com Robert Downey Jr., Chris Evans, Samuel L. Jackson e Mark Ruffalo, Marvel Studios, 2012)








___________________________________________________________

Imagens da responsabilidade do Kuentro

___________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page