sábado, 19 de maio de 2012

MARIA JOÃO WORM VENCE PRÉMIO NACIONAL DE ILUSTRAÇÃO COM OS ANIMAIS DOMÉSTICOS



MARIA JOÃO WORM 
VENCE PRÉMIO NACIONAL DE ILUSTRAÇÃO 
COM OS ANIMAIS DOMÉSTICOS 

Público online/Lusa 14, Maio 2012
A ilustradora e autora de banda desenhada Maria João Worm venceu o Prémio Nacional de Ilustração 2011 com o livro “Os animais domésticos”, segundo a Direcção-geral do Livro e das Bibliotecas (DGLB).

Com texto e linogravuras de Maria João Worm, o livro Os Animais Domésticos foi editado no ano passado pela editora independente Quarto de Jade (ver site). Para o júri da 16.ª edição do Prémio, “Os animais domésticos” é “um objecto singular que se constitui como uma verdadeira obra aberta, disponível a leituras criativas”.

“A obra articula textos breves (como legendas) caligrafados e imagens imprecisas, num ambiente onírico e íntimo que se desdobra aos olhos do leitor, permitindo-lhe desconfiar do que não vê, e sorrir”, sublinhou o júri.

“Os animais domésticos” reúne nove gravuras feitas por Maria João Worm na década de 1980 e que representam animais a executarem tarefas domésticas, como passar a ferro, costurar e estender a roupa.

Maria João Worm, que receberá um prémio monetário de cinco mil euros, nasceu em 1966 e tem um percurso discreto, mas original, na banda desenhada e ilustração portuguesas, publicando em colectâneas e pequenas editoras independentes, à margem dos grandes grupos editoriais.

Integrou várias edições do Salão de BD e Ilustração de Lisboa e, mais recentemente, fez parte da exposição retrospectiva da banda desenhada portuguesa “Tinta nos Nervos”, que esteve patente no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, em 2011.

Publicou, entre outros, “Electrodomésticos classificados”, “Trapalhadas azaradas com bolo de chantily”, com texto de Rita Taborda Duarte, “O homem bestial”, com João Paulo Cotrim. 

Maria João Worm foi finalista do curso de Pintura da Faculdade de Belas Artes de Lisboa, passou pelo curso de cinema de animação e deu aulas no Ar.co.

Na 16.ª edição do Prémio Nacional de Ilustração foram ainda atribuídas menções especiais a José Manuel Saraiva, pela ilustração de “Cesário Verde - Antologia Poética”, editado pela Kalandraka, e a Catarina Solbral pela estreia editorial com “Greve”, editado pela Orfeu Negro.

Maria João Worm, José Manuel Saraiva e Catarina Sobral receberão ainda 1.500 euros cada, para suportar uma ida à Feira do Livro Infantil de Bolonha, em Itália, em 2013.

O júri também destacou a obra de André Letria, pelas ilustrações de “Se eu fosse um livro”, com texto de José Jorge Letria, publicada pela Pato Lógico.

Do júri fizeram parte Adriana Baptista, docente universitária, Mariana Viana, coordenadora do Mestrado em Ilustração, e Cristina Grácio, em representação da DGLB.

Nesta 16.ª edição do Prémio Nacional de Ilustração, foram analisadas 116 obras, publicadas em 2011 por 43 editoras, da autoria de 72 ilustradores.


________________________________________________________

As imagens foram sacadas do blogue de Pedro Moura, LerBD, onde se pode também ler a crítica ao livro 

________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page