quinta-feira, 8 de julho de 2010

O 312º ENCONTRO DA TERTÚLIA BD DE LISBOA – ANO XXV – 6 DE JULHO DE 2010. CONVIDADO ESPECIAL, CARLOS PEDRO

Pois, realizou-se mais um Encontro da TBDL, numa noite não muito quente deste Verão esquisito de 2010. O Convidado Especial foi o Carlos Pedro, desenhador actualmente muito ligado à Kingpin Books, daí a presença em força do “grupo Pig”. De resto houve pouca gente, contrariamente ao que tem sido habitual, com direito à transmissão directa do Uruguai, 2 – Holanda, 3! De resto, o Capitólio está esventrado para obras e a Gina a apinocar cada vez mais o Restaurante…

O Programa e a biografia do Convidado especial.

Foram distribuídas as Folhas Volantes #252 e #253, os TBDzines #151 e #152 e eu ganhei, nas rifas, uma mangá pornográfica, “La Blue Girl”, oferecida pela Ana Saúde e… um dos originais do Convidado Especial, que serviram para fazer o TBDzine #152.

Folha Volante #252 (frente e verso)


Folha Volante #253 (frente e verso)


Tertúlia BDzine # 151


Tertúlia BDzine #152

AS FOTOS:







As prendas do sorteio, que me calharam em rifas:

 

Realizou-se também o habitual Comic Jam - Um Cadáver Esquisito - "No dia em que..." (3ª fase), [não dei pela realização do Comic Jam, algo de esquisito se passa?…], em que participaram: na 1ª vinheta, Carlos Pedro (o Convidado Especial da TBDL neste mês de Julho), na 2ª, Luís Valente, na 3ª, Rui Batalha, na 4ª, Nuno Duarte ("Outro Nuno"), na 5ª, Falcato (Miguel Falcato) e 6ª, Pedro Manaças. Aqui está o resultado:

___________________________________________________________

E, já agora, um parentesis sobre o Capitólio:

O Cine-Teatro Capitólio, foi projectado por Luís Cristino da Silva e inaugurado em Julho de 1931. O seu papel cultural, ao longo dos cerca de 55 anos de actividade, foi relevante em todos os aspectos, quer no teatro, quer no cinema. Em meados dos anos 80 e pouco antes de fechar as portas definitivamente funcionou no último andar uma espécie de discoteca, o Roller Magic, que consistia num ringue de patinagem animado por música pop e adolescentes que circulavam furiosamente em redor da pista ao ritmo do Lou Reed e Dire Straits... Finalmente, depois de uma data de anos a apodrecer, eis que a CML começa a sua recuperação. O nome de Raul Solnado ficará associado à sala que daqui nascer.

(informação e foto sacada do blogue Ruin’arte, de Gastão de Brito e Silva)

_______________________________________________________________________________

 
Locations of visitors to this page