quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

BDpress #209: READAPTAÇÃO DE “CONAN O BÁRBARO” AO CINEMA, REVITALIZA COMICS E JOGOS SOBRE O HERÓI

Jason Momoa em "Conan the barbarian"

O Globo Extra online, 6Jan2011

REFILMAGEM DE 'CONAN, O BÁRBARO' IMPULSIONA FEBRE DE HQS E GAMES SOBRE O HERÓI

Rodrigo Fonseca

RIO - Até 19 de agosto, data de estreia de "Conan, o bárbaro" ("Conan the barbarian"), uma produção de US$ 90 milhões rodada na Bulgária com o havaiano Jason Momoa (o Ronon Dex da série "Stargate: Atlantis") como protagonista, o herói criado pelo escritor Robert Erwin Howard (1906-1936) fará ferver o mercado de histórias em quadrinhos e games. Lançamentos em profusão de títulos inéditos e reedições de gibis e jogos decretam o início de uma "Conanmania". De carona no longa-metragem pilotado por Marcus Nispel, realizador da nova (e bem-sucedida) versão de "Sexta-feira 13" (2009), o guerreiro já começou a mobilizar a indústria das HQs, tanto no exterior quanto no Brasil. Recém-chegada às bancas nacionais, em luxuosa edição, "Conan: Ciméria" é o início de uma febre que já vem contagiando leitores.


Publicado pela editora Mythos, em um formato de graphic novel, o álbum, com desenhos de Tomás Giorello e Richard Corben, é roteirizado por uma lenda dos quadrinhos: Timothy Truman, de "Gavião Negro: Mundo Gavião". Por aqui, a trajetória de Conan pelas bancas há tempos andava restrita ao gibi mensal "Conan, o cimério", depois que a revista "Conan, o bárbaro" foi cancelada. Nos EUA, de olhos voltados para as cifras que podem ser derivadas da longa de Nispel, a ser lançado com cópias em 3D, a editora Dark Horse Comics acaba de enviar às lojas especializadas a série "Conan: Road of kings", com texto de Roy Thomas, considerado um dos maiores roteiristas do setor desde os anos 70.



Em fevereiro, fãs americanos do herói vão ler a minissérie "King Conan: The Scarlet Citadel". A Dark Horse vai ainda reviver o gibi "The savage sword of Conan" ("A espada selvagem de Conan"), publicando edições com 80 páginas - lá, um gibi mensal raramente passa das 30 páginas. A revista vai intercalar tramas inéditas e republicações de sagas clássicas, não apenas do bárbaro como de outros personagens de Robert E. Howard, como Bran Mak Morn.

King Conan -The Scarlet Citadel #1

Nos games, empolgada com a popularidade de "Age of Conan: Hyborian adventures", para Xbox 360, a Paradox Entertainment vai lançar um novo jogo eletrônico do bárbaro. De quebra, a produtora desenvolve uma série de animação de Conan, para a web, com roteiros de Mike Fasolo ("Frango Robô").

Barbaridades também assolam os sebos virtuais: o CD com a trilha sonora composta por Basil(is Konstantine) Poledouris (1945-2006) para o filme "Conan, o bárbaro" (1982), com Arnold Schwarzenegger, é um artigo disputadíssimo nos leilões da internet. Aliás, o longa e sua sequência, "Conan, o destruidor" (1984), vão ganhar reedições em Blu-ray.

A capa do DVD "Conan, o bárbaro" (1982), com Arnold Schwarzenegger
____________________________________________________________

Imagens da responsabilidade do Kuentro
____________________________________________________________


 
Locations of visitors to this page