sábado, 3 de março de 2012

NOVIDADES EDITORIAIS DE FEVEREIRO DA ASA JÁ NAS LOJAS


Aí temos o início da actividade da Asa II/Leya para este ano. Em Fevereiro foi para as lojas a enésima edição de "Corto Maltese na Sibéria" (para já, não gosto nada deste lettering em "Corto Maltese" que não é o original de Pratt) e mais um livro da série "Tudo sobre Asterix", desta vez com a apresentação do bardo Cacofonix (há quem prefira o nome francês Assurancetourix, com que as edições antigas em português felizmente nos brindavam).

Segundo a directora editorial de BD da Asa:

Embora os primeiros meses do ano sejam mais moderados em termos de novidades editoriais, posso anunciar-vos que da nossa parte estamos a fazer tudo por tudo para aquecer e tornar memorável os próximos meses deste ano bissexto.

Deixamo-vos assim, e por ordem alfabética, “um cheirinho” das séries em que estamos a trabalhar:

BOUNCER
O GATO DO RABINO
MURENA
SPIROU
THORGAL

Enquanto os respectivos livros não vos chegam às mãos, fiquem com as leituras que vos preparámos para o mês de Fevereiro.


CORTO MALTESE NA SIBÉRIA



Colecção: Corto Maltese
Nº de págs: 128
Autor: Hugo Pratt
Edição: cartonada
ISBN: 978-989-23-1611-6 (capa dura)

Edição cartonada exclusiva para a FNAC
“Quando nos apercebemos de que o sonho é demasiado grande para se concretizar, restam duas alternativas: deixar de sonhar, ou continuar até ao fim, até à lenda…

Nos confins da China e da Sibéria, Corto e Rasputine perseguem o comboio blindado que transporta o ouro dos czares. Atravessam, assim, uma região que se encontra a ferro e fogo, esquartelada entre sociedades secretas e senhores da guerra, entre Russos vermelhos e brancos, entre tropas regulares e exércitos privados…

O campo de acção ideal para estes aventureiros românticos!”

HUGO PRATT
Nasceu em Itália em 1927.
Amante de viagens, de cinema, de BD e de “fumetti”, fundou o designado “Grupo de Veneza” com Dino Battaglia, Alberto Ongara e Mário Faustinelli com a intenção de fazer BD “à americana” e de incentivar a juventude a ler os grandes clássicos de aventuras. O ano de 1967 é um marco na sua carreira com as primeiras pranchas de “A Balada do Mar Salgado” e a criação de uma das personagens mais marcantes da nona arte: “Corto Maltese”. Em 1969, os seus trabalhos eram publicados em alguns dos mais importantes jornais da especialidade e, entre 1970 e 1973, assinou mais de 21 episódios das aventuras do seu grande herói. Em 1983, funda um jornal mensal com o mesmo nome da sua personagem favorita - “Corto Maltese” – onde, a partir de 1984, publica a série Cato Zulu. Considerado com um dos grandes mestres do preto e branco e argumentista fora de série inspirando-se por vezes em obras literárias, Hugo Pratt influenciou um grande número de ilustradores. Morre em 1995. Hugo Pratt foi Prémio do 15º Aniversário de Angoulême, em 1989.

Hugo Pratt (1927 - 1995)


 Edições anteriores de Corto Maltese na Sibéria (Edições 70, Meribérica, poster do filme de animação e Público/Asa)

______________________________________________________

ASTERIX – TUDO SOBRE CACOFONIX



Colecção: Astérix Fora de Colecção
Nº de págs: 48
Autores: Uderzo e Goscinny
Edição: cartonada com verniz localizado
ISBN: 978-989-23-1229-3
Colecção Grande Público.

Senhor de uma voz mundialmente célebre (embora nem sempre apreciada...) e professor respeitado, o bardo Cacofonix é uma figura importante da Aldeia e um dos membros do Conselho. No entanto, se é verdade que todos o conhecem, isto deve-se ao facto de ser o eterno bode expiatório dos habitantes de uma aldeia da qual é o representante mais marginal, vivendo isolado numa cabana construída no cimo de uma árvore.

Quanto à sua música, os comentários são unânimes: é um massacre para os tímpanos! O que não impede que seja considerado pelos seus amigos como um excelente companheiro, o qual libertam das garras dos leões do Circo Máximo ou vingam a sua exclusão do “Domínio dos Deuses”. Embora não cante os feitos dos guerreiros da Aldeia, Cacofonix esteve na origem de muitos deles!

RENÉ GOSCINNY
René Goscinny dispensa apresentações e é um dos ícones da nona arte. Em 1928, parte para a Argentina com os seus pais e é aí que inicia a sua carreira artística como aprendiz de desenhador, numa agência de publicidade em Buenos Aires. Depois de conhecer, nos Estados Unidos, em 1949, Harvey Kurtzman, Willy Elder e Jack Davis – fundadores da revista Mad – obtém as primeiras encomendas de ilustrações publicitárias e torna-se, por um breve período, director artístico para um editora especializada em publicações infanto-juvenis. Em 1950, conhece Joseph Gillain (Jijé) e Maurice de Bévère (Morris), também então radicados nos EUA. De regresso à Europa, cria, com Morris, Lucky Luke (1955). Em 1951, estabelece amizade com Albert Uderzo, com quem enceta uma parceria que daria origem, sucessivamente, às aventuras de Jehan Pistolet, Luc Junior, Oumpah-Pah e, em 1959, no número inaugural da Pilote, Astérix. A partir de 1962, colabora ainda com a Record, onde concebe, para Jean Tabary, o Califa Haroun El Poussah, que depressa será substituído enquanto vedeta pelo seu Grão-vizir, o abominável Iznogoud. Com ideias claras e um espírito intuitivo, deu a conhecer muitos dos que são hoje os grandes nomes da BD. Sem ele a história da nona arte não seria a mesma… não fosse ele um dos autores mais conhecidos.

René Goscinny (1926 - 1977)

ALBERT UDERZO
Nasceu em França em 1927. Com 14 anos, aprendeu as bases da BD. Entretanto conhece Edmont-François Calvo e publica na revista Júnior a sua primeira ilustração sobre a fábula “O corvo e a raposa”. Sob o pseudónimo de Al Uderzo criou diversas histórias para a revista OK e, em 1949, começa a trabalhar, primeiro para France-Dimanche e, mais tarde, para a France-Soir. Em 1951 conhece um jovem recém-chegado dos EUA: René Goscinny com quem enceta uma parceria que daria origem a Astérix. O êxito é tão grande que Uderzo abandona os outros projectos para se dedicar exclusivamente às aventuras de Astérix. Em 1974, Uderzo e Goscinny fundam os estúdios Idefix. Em 1977, Goscinny morre e Uderzo assume a responsabilidade de dar continuidade a Astérix.

Albert Uderzo (1927...)

_____________________________________________________

Imagens da responsabilidade do Kuentro

_____________________________________________________

 
Locations of visitors to this page